Porque contratar um Designer de Interiores?

Como o Design de Interiores ainda está em ascensão, muita gente ainda não entende o que é a profissão (Ver postagem anterior), confundindo muitas vezes com projetista, arquiteto ou acabam caindo nas garras de picaretas que se auto intitulam “decoradores” e não possuem competência, nem diploma para efetuar o trabalho.

Uma simples “reforminha”, pode se tornar um grande pesadelo para o cliente se não for planejado e projetado corretamente, mesmo sendo um banheiro de 3m².

O imprevisto é uma consequência real em qualquer tipo de reforma, ou seja, é preciso estar atento e preparado para o que possa acontecer durante os processos de execução, o importante é saber como resolver com agilidade o problema que aparece inesperadamente, visando à correta execução e o melhor custo benefício.

Quando o cliente executa a obra por conta própria, normalmente não tem a mesma agilidade e conhecimento que um profissional da área, assim acaba não conseguindo resolver os problemas imprevistos, e cai na armadilha de solicitar ajuda ao empreiteiro, que em muitas vezes (a maioria por falta de instrução) decide de maneira errada, ou realiza algumas obras de artes iguais a estas:

Quando se contrata um Designer de Interiores para administrar, projetar e planejar sua obra ou reforma, o cliente além de ganhar uma economia de até 30% sob o valor que gastaria em uma obra normal administrada por conta, também tem a tranquilidade de saber que aquilo que foi projetado está sendo executado e seguido á risca, com qualidade, funcionalidade, praticidade e sem se preocupar com os problemas e estresse que exigem dentro de qualquer tipo de obra.

O valor dos projetos e honorários para assessoramento de uma reforma/obra de interiores, comparado à economia que o cliente tem e o valor total gasto em uma obra, é irrisório no fim das contas. No entanto, não se trata de um serviço barato, cada profissional cobra de uma maneira diferenciada, não podendo sair muito da tabela de honorários fornecida pelo CAU e IAB, os quais são a cada mês modificados de acordo com o CUB. O valor final de um orçamento pode variar muito, depende do tipo do projeto, complexidade da obra, mão de obra operacional, materiais especificados, equipamentos necessários, e muitos outros fatores.

Portanto, sempre duvide dos profissionais do ramo, se lhes apresentarem um orçamento muito abaixo dos outros, com certeza não é um autêntico Designer de Interiores e você pode estar colocando em risco a sua obra.

Comentários

Os comentários estão desativados.